Projeto Postura Saudável

Como as dores no corpo podem estar relacionadas com a postura

1_1

O Projeto Postura Saudável nasceu da vontade de profissionais fisioterapeutas em estender seus atendimentos clínicos às pessoas que tenham dificuldades de acesso aos serviços de reabilitação postural, como também, em conscientizar os mesmos na relação da postura correta com uma vida mais saudável e sem incômodos corporais.

Apoiado pelo Instituto Zanin Fisioterapia e na metodologia terapêutica, o Reequilíbrio Postural Conceito Zanin, o projeto é baseado em nossa abordagem terapêutica conceitual de como interpretar as queixas relatadas pelos pacientes, correlacionando os desequilíbrios físico, biológico, psicológico, social e espiritual com o sistema músculo-esquelético.

Hoje, a OMS – Organização Mundial da Saúde estima que 80% da população mundial tem ou terá problemas relacionados à coluna vertebral. Muitas dessas afecções são tratadas de maneira mecânica e ortopédica. Observamos ao longo de nossa experiência clínica que as patologias da coluna vertebral também são originadas de outros fatores não abordados na anamnese clínica, tais como, distúrbios visceral, emocional ou de outras regiões do corpo que possam levar as compensações como: fatores mastigatórios, oculares, auditivos e lesões dos membros inferiores.

Sendo assim, podemos questionar:

– Será realmente que os 80% citados acima são originados especificamente da coluna vertebral?

– Se existem outras causas, esse número de sintomas é de origem primária ou secundária?

Temos observado ao longo desses anos que a coluna vertebral muitas vezes é coadjuvante nas causas dos sintomas referidos como também um arcabouço de outras lesões do homem moderno. Assim, o projeto propõe uma alternativa para a abordagem e terapêutica dessas afecções que podem ser causa ou efeito de uma má postura.

1_2

OBJETIVO

Oferecer as pessoas com distúrbios músculos-esqueléticos relacionados à postura, orientação, atendimento personalizado e indicação terapêutica domiciliar. Conscientizar da importância da mudança de comportamentos diários como prevenção dos possíveis sintomas relatados.

Minimizar sintomas referidos e observados diariamente sem a necessidade do uso de drogas farmacológicas.
Evitar a busca desnecessária por centros de atendimento de saúde e, consequentemente, diminuindo filas, desperdício de tempo, longos períodos de afastamento do trabalho e melhora do atendimento médico quando necessário.

Dar consciência, apoiar e desenvolver junto aos cidadãos uma visão global e integrativa sobre si mesmos mostrando que muitas de nossas dores são desencadeadas por comportamentos e atitudes em nossas escolhas diárias.

PÚBLICO-ALVO

Do recém-nascido ao idoso.
Portadores de sinais, sintomas e queixas relacionados ao sistema músculo-esquelético de acordo com a idade:

Crianças e adolescentes: desenvolvimento motor anormal, perturbações da marcha, cefaleias, dificuldade de concentração, bruxismo e má oclusão dentária, distúrbios oculares, quedas constantes, alterações dos pés, alterações posturais marcantes, dores corporais inespecíficas

Adultos: perturbações digestivas, dores articulares e musculares (tais como: contraturas, bursites, tendinites, hérnias discais, entorses), stress, lesões esportivas de repetição, incontinências urinárias, doenças relacionadas ao trabalho (DORT)

Idosos: artroses, artrites, osteoporose, bursites, tendinites, lombalgias, cervicalgias, cefaleias, distúrbios de equilíbrio, incontinências urinárias, doenças pulmonares, fadiga excessiva

DINÂMICA

– Palestra: Com duração de aproximadamente 1 hora. Visa conscientizar a correlação da postura com a saúde. Normalmente é realizada no dia que antecede a realização das atividades propostas pelo projeto.

– Atividades do projeto: Acontecerá das 8 às 17 horas. Estarão no plantão para atendimentos (avaliação, terapêutica e orientação) profissionais com formação em Fisioterapia, Psicologia e Orientação Alimentar.